Cinco dicas para fazer um monitoramento eficaz com Centreon

Cinco dicas para fazer um monitoramento eficaz com Centreon

 

Ao iniciar o serviço de monitoramento de ativos de redes, muito profissinais começam pela instalação do software, mas quando chega a hora principal, o cadastramento dos ativos de rede, o sistema começa a ficar em desacreditação. Pensando nisso fiz um pequeno post relacionando uma forma bem simples porém eficaz de fazer o seu monitoramento de rede dar certo.

7-fatores-da-riqueza-825x542

Passo 1: Relacionar os ativos de rede que deseja monitorar

Não vá direto para o sistema de monitoramento, primeiro faça uma relação em uma planilha, bloco de notras ou até mesmo em uma folha de papel. Tente selecionar os principais ativos como: servidores de redes, roteadores, switchs e demais ativos que podem ser monitorados.

Neste primeiro momento não se preocupe em identificar quais serviços estão sendo disponibilizados, isso ficará para depois.

Ao final deste passo você deverá ter uma lista como a seguir:

Nome | Descrição | IP/DNS

SRV01 | Servidor de aquivos | 192.168.20.20

XEN01 | Servidor de virtualização | 192.168.20.30

XEN02 | Servidor de virtualização | 192.168.20.31

SW01 | Switch Core | 192.168.20.1

FW01 | Firewall | 192.168.20.254

Passo 2: Faça a hierarquia da topologia

Se você concluiu o passo 1, então agora é necessário fazer uma hierarquia entre os ativos de rede que foram listados. O ponto de partida neste momento é o seu servidor de monitoramento, no caso o CENTREON, não importa se ele é uma máquina física, virtual, cloud, etc.

Você deve tentar responder a seguinte pergunta para cada equipamento:

reachability2Partindo do CENTREON, como ele consegue chegar no equipamento a ser monitorado?

Exemplo:

Centreon -> XEN-SERVER -> SW-CORE -> SRV01

Este exemplo mostra que para servidor centreon chegar ao servidor SRV01, precisa passar por dois outros ativos (XEN-SERVER e SW-CORE).

Essa lista de dependencia é muito importante para que você chege a causa raiz quando o incidente acontecer.

 

 

 

 

 

Passo 3: Listar os serviços a serem monitorados

screenshot-from-2016-12-05-10-53-24

Agora que já temos uma lista de ativos de rede, agora sim vamos pensar nos serviços que cada um disponibiliza aos cliente, o serviços podem ser algo simples como um ping, mas também pode ser algo mais complexo como uma verificação com um comando SQL, ou uma checagem de SMTP, e assim por diante.

Para simplificar neste momento você deve separar os serviços em dois tipos:

a) infra-estrutura: ping, espaço em disco, uptime, CPU, memoria, etc.;  e

b) aplicação: HTTP, MySQL, SMTP.

Faça isso para cada servidor ou ativos de rede, note que se você for monitorar um roteador o serviço dele não vai ser HTTP, MySQL, e sim trafego e de rede, porém isso não importa para o CENTREON a  forma de configurar é a mesma.

 

Passo 4: Cuidado com envio de muitos alertas

shutterstock_218464816-825x542

Envio de alertas demais pode ser um problema para o operador, geralmente quando temos muitos alertas o monitoramento vai cair em desacreditação. O operador não vai mais ligar para a enxurrada de e-mails e vai jogar tudo para a lixeira! Então, procure enviar alertas para quem realmente deve receber. Por exemplo:

Se o problema for no Storage, envie o alerta para a equipe de Storage e não para todos, da mesma forma se o problema for no roteador envie e-mails/SMS, para a equipe de network.

 

 

 

 

 

Passo 5: Faça um melhoramento a cada período

ciclo-pdca

Assim como a empresa está em constante mudança, o monitoramento deve acompanhar e incluir novos serviços, ou excluir se não for mais necessário. Para isso, assim como um ciclo PDCA, faça uma nova verificação dos  ativos/serviços/alertas a cada período de tempo, esse período vária de acordo com o negócio, tente fazer algo trimestral ou no maximo anual.

 

Conclusão

Seguindo essa dicas o seu monitoramento tem uma grande chance de se tornar um sistema uma solução madura de forma que trabalhará para garantir o seu SLA e gerar cada vez mais valor e confiança ao negócio de sua empresa.

 

curso_centreon_fametreinamentos