Big Data movimentará US$ 72 bilhões até 2020

big

O mercado de volume de dados, estruturados e não estruturados, que impactam os negócios no dia a dia deverá crescer ainda mais nos próximos anos, segundo mostra uma pesquisa realizada pela SNS Research. Em poucos anos, o Big Data já foi incorporado em diversas indústrias e atualmente é um segmento capaz de gerar US$ 46 bilhões em faturamento para os fornecedores de TI. Este número é a previsão para 2016, segundo a consultoria.

Mesmo com um número bilionário, o potencial do Big Data ainda é muito grande. De acordo com a SNS Research, esse nicho deverá atingir US$ 72 bilhões em hardware, software e serviços até o ano de 2020. “Apesar dos desafios atrelados à privacidade e resistência de algumas organizações, os investimentos em Big Data continuam a ganhar tração ao redor do globo”, afirmou um relatório divulgado pela consultoria.

“Cedo ou tarde, é algo que se tornará um grande negócio para o mercado corporativo”, define Tony Baer, analista da Ovum. Para ele, o conceito adicionará novos subsídios básicos para suportar decisões que melhores processos. “Ferramentas de Business Intelligence e data warehouse estão no topo das prioridades para gastos em tecnologia esse ano, mas apenas um quarto das organizações incluiu Big Data em seus planos de investimentos. Estamos vendo apenas a ponta do iceberg”, disse o presidente da Computer Economics, Frank Scavo.

Em meio à proliferação de dados em tempo real a partir de dispositivos móveis, web, mídias sociais, sensores, aplicativos e outras tecnologias, o Big Data tem encontrado uma série de oportunidades para crescimento. Mesmo com os desafios relacionados com questões de privacidade e resistência organizacional, os investimentos em Big Data continuam a ganhar impulso em todo mundo.

Fonte: Canal Tech