Satélite do Facebook é destruído por falha em lançamento da SpaceX

satelite

Uma falha no teste pré-lançamento de um foguete Falcon 9 da SpaceX provocou a destruição d satélite AMOS-6 da rede social que iria à bordo da espaçonave. O satélite levaria internet a parte da população carente da África sub-saariana, e seria lançado ao espaço no foguete no dia 3 de setembro. Ele pode ser visto na imagem abaixo:

 

giphy

O satélite, de aproximadamente US$ 200 milhões, seria o primeiro do Facebook a entrar em órbita, e representaria um primeiro passo no plano Internet.org da empresa. Tanto o satélite quanto o foguete estavam na plataforma quando uma falha no local (e não no foguete em si) provocou uma explosão que destruiu o satélite e danificou o foguete. Felizmente, ninguém ficou ferido, como a SpaceX informou em declaração oficial:

Mark Zuckerberg, o CEO e co-fundador do Facebook, lamentou a perda por meio de sua página na rede social. Ele havia anunciado o projeto de lançar o satélite em outubro de 2015, e se disse “profundamente decepcionado” com o acontecimento. “Continuamos comprometidos à nossa missão de conectar todo mundo, e seguiremos trabalhando até que todos tenham as oportunidades que esse satélite ofereceria”, disse em seu post: https://www.facebook.com/zuck/posts/10103074463098101

De acordo com a Nature World News, o satélite havia sido fabricado pela empresa israelense Spacecom e seria lançado em parceria também com a operadora francesa de satélites Eutelsat. A ideia era que ele funcionasse tanto para a operadora quanto para o Internet.org do Facebook.

Trata-se, porém, de um incidente bastante anômalo. A SpaceX não apenas tem bastante experiência em lançar foguetes como também foi a primeira empresa a levar um foguete até vôo orbital e trazê-lo de volta, e já conseguiu realizar pousos de seus foguetes autônomos diversas vezes, tanto na terra quanto no mar. Já aconteceu de foguetes da empresa explodirem durante o pouso, mas antes do lançamento é a primeira vez.

Fonte: Olhar Digital